Entrega dos Prémios do Clube de Monteiros do Norte 2017

capa prémios17

O Clube de Monteiros do Norte (CMN) vai realizar no próximo dia 15 de Julho o Jantar de entrega dos Prémios CMN 2017 na Quinta do Pinhal, em Frechas, no concelho de Mirandela, pelas 17 horas.

Ciente da importância do sector cinegético para o país, e em especial para a região de Trás-os-Montes, o CMN pretende com a atribuição destes prémios distinguir anualmente, um Monteiro, pelo seu comportamento ético, pela sua postura e pela sua actividade na defesa e promoção da caça maior e conservação da vida selvagem. Uma Zona de Caça, pela qualidade da sua gestão cinegética da caça maior reflectida na relação de n.º de postos de caça/quantidade/qualidade dos seus efectivos populacionais e troféus cobrados. Uma Matilha de Caça Maior pela bravura, empenho e dedicação no montear, assim como pela apresentação e trato do matilheiro e zelo no tratamento dos seus cães.
Para além dos prémios Monteiro do Ano, Mancha do Ano e Matilha do Ano eleitos por votação dos sócios, será ainda entregue pela segunda vez o prémio designado “Mérito CMN” da responsabilidade da direcção destinado a distinguir uma personalidade ou entidade pelo seu relevante contributo para a promoção e desenvolvimento da caça, da caça maior em particular e da conservação da vida selvagem.

Nomeados
Para a categoria Monteiro do Ano estão nomeados: António José de Sousa Moreira, Horácio Reinaldo Marques Alves e Paulo Rui Rodrigues Valbom. Na categoria de Macha do Ano foram nomeadas: Agrobom (Alfândega da Fé), Canelas (Peso da Régua) e Morais (Macedo de Cavaleiros). Na última categoria a votos para a eleição da Matilha do Ano estão nomeadas: a Matilha Diamante, a Matilha Morgado e a Matilha Navalheira.

Incluir mais crianças
Sendo este evento um dos momentos altos da actividade social do Clube que envolve cada vez mais os associados, o CMN preparou condições, para que possam ser envolvidas também as suas famílias, especificamente para as crianças com um preço reduzido e um programa de entretenimento.

Apelo à solidariedade

Pelo segundo ano consecutivo, o CMN no âmbito deste Jantar abraça uma causa humanitária, apoiando a HELPO. Uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, sem fins lucrativos, que leva a cabo programas de apoio continuados, projectos de assistência, ajuda humanitária, desenvolvimento comunitário, educação para o desenvolvimento e desenvolvimento humano em múltiplos países, nomeadamente Moçambique. No âmbito desta iniciativa solidária o Clube organizou uma campanha de recolha de donativos para serem entregues à HELPO no decorrer do Jantar.

Comentários