CMN regressa em grande a Mogadouro

capa castelo

Há dez anos que Castelo Branco (Mogadouro) não recebia uma Montaria ao Javali. Fê-lo no passado dia 8 de Dezembro, numa iniciativa organizada pelo Clube de Monteiros do Norte (CMN), num dia profícuo que envolveu cerca de 250 pessoas.

Depois de dias de nevoeiro cerrado, o sol abriu e brindou os cerca de 130 monteiros com as condições ideais para uma jornada exemplar. A mancha de mais de 700 hectares foi monteada por 19 matilhas, resultando em 17 javalis cobrados, entre eles um troféu provavelmente medalhável.
Para o presidente do Clube de Monteiros do Norte, é “importantíssimo agradecer às entidades locais pela parceira quase inédita que se estabeleceu e que implicou um investimento, quer humano, quer logístico enorme”. Nelson Cadavez acrescenta que a Associação de Caça e Pesca de Castelo Branco e toda a comunidade local foi “incansável, ao longo das últimas semanas, no apoio e trabalho árduo para o sucesso do evento. “É com orgulho que o CMN regressa ao concelho de Mogadouro, mais concretamente à aldeia de Castelo Branco, onde há cerca de 18 anos que não era exercida atividade venatória do Clube. Um obrigado ao presidente da Câmara Municipal de Mogadouro, Francisco Guimarães, e à Presidente da Junta de Freguesia, Silvina Pereira, pela forma como apoiaram esta montaria e ajudaram a garantir as condições ideais à realização da mesma”, concluiu.
O presidente da Câmara Municipal de Mogadouro, além de se fazer representar institucionalmente, foi também nomeado director de Montaria. Salientou que Mogadouro tem “tradição na caça e mantém, com esta parceria directa com o CMN, a sua aposta no sector. Aliás, é nas renovadas colaborações entre o município e as associações de caça e pesca, como é o caso da de Castelo Branco e Meirinhos, que isso se verifica”, afirma Francisco Guimarães.
O dia culminou com o convívio acompanhado da gastronomia transmontana de excelência e animado pelos gaiteiros.
De realçar que no próximo dia 23 de dezembro acontece o último evento do ano de 2018, o tradicional Encontro de Matilhas que se vai realizar na mancha de Coriscada e Ervedosa, nos concelhos de Mêda e Pinhel. As receitas deste encontro reverterão para duas instituições de solidariedade social dos dois concelhos.
Em 2019, no dia 19 Janeiro, é em Figueira de Castelo Rodrigo, mais precisamente em Mata de Lobos, que se realiza a primeira montaria do ano CMN.
Felgueiras, no concelho de Torre de Moncorvo, recebe a montaria do dia 9 de Fevereiro. E é neste concelho que encerra a época com o maior evento venatório da região: o XXXII Encontro Venatório. É composto por duas montarias, a primeira no dia 23 e a segunda no dia 24 Fevereiro.

Comentários